Rua Direita nº 68 - Centro Histórico - Pirenópolis - Goiás - Brasil
(62) 3331-3224 / whatsapp (62) 99185-4109 Atendimento das 08:00 às 18:00

© 2019 por Hostel Rua Direita / Site por TradE World Design

Atrativos em Pirenópolis

     As cachoeiras de Pirenópolis são dádivas da natureza, onde atraem visitantes do mundo inteiro na prática do ecoturismo. Atrativos naturais que exigem preservação e cuidado ambiental, sendo responsabilidade de todos. É fundamental a orientação de um guia credenciado no Cadastur, para a visitação com segurança, nos locais que abrigam esses atrativos. Desfrutá-los é a certeza de revigorar o ser em relação à natureza. Verifique na Recepção do Hostel a melhor opção de aventura ou passeio. Além das belezas naturais, Pirenópolis possui um Centro Histórico, onde estamos localizados, com casarões e igrejas do século XVIII. Na cidade, ocorre manifestações da cultura popular goiana, como as Cavalhadas, shows acústicos, boa gastronomia e muito mais.

Gastronomia

Harmonia, boa comida e música brasileira de qualidade; é isso que você encontra por aqui. Os melhores restaurantes de Pirenópolis segundo os visitantes no TripAdvisor.

Estância Agnus Dei

Ao observar a primeira roda d’água de Pirenópolis, todos ficam deslumbrados com a Estância Agnus Dei, nome que provém da expressão Cordeiro de Deus. A estância está localizada na Região da Fazenda Barbosa, em Pirenópolis, que anos atrás era um antigo engenho e cafezal, que pelas históricas estradas, passavam carreiros e cavaleiros, que compravam rapadura e arriavam seus cavalos debaixo do pé de Jatobá para o descanso. 

Fazenda Babilônia

Construída em fins do século XVIII, a Fazenda Babilônia se destaca, hoje, pelo seu imenso valor histórico, preservado durante séculos. Tombada como Patrimônio Nacional, pelo IPHAN, e inscrita no Livro de Belas Artes, nº480, em 26/04/1965, conserva o extenso casarão, em estilo colonial e diversos muros de pedras, construídos pelos escravos. Além do patrimônio e da história, a Fazenda Babilônia ainda resgata a gastronomia colonial. Uma fartíssíma refeição composta de mais de 40 itens feitos com produtos da própria fazenda. São antigas receitas típicas de um Goiás rural e antigo. É o Café Sertanejo da Fazenda Babilônia. "Um resgate antropológico da culinária goiana"

Pico dos Pireneus

Um dos pontos mais altos da região, segundo pico mais alto de Goiás, o que proporciona uma bela vista de cidades como Brasília há vários quilômetros de distância. A ascensão até a capelinha no Pico da montanha, no Parque Estadual Serra dos Pireneus é gratuita.

 

Cidade de Pedra

Distante 55 km da cidade de Pirenópolis, a Cidade de Pedra é um passeio belíssimo de trilha bem mais intensa. Requer um certo preparo físico para percorrer os 6 km de trilha. A Cidade de Pedra é uma área enorme com estruturas e formações rochosas incríveis. Uma passeio belíssimo, diferente e intenso. 

Cachoeira do Sonrisal

Trata-se de uma sequencia de quedas que formam pequenos poços ideiais para banho com água cristalina. Fica dentro do Parque Estadual dos Pireneus, 

Cachoeira das Andorinhas

Está localizada no Córrego da Barriguda e fica cerca de 7 km da cidade. Para se chegar lá é preciso subir a estrada do Parque Estadual dos Pireneus e são 2 km de asfalto e 5 km de estrada de terra.

Cachoeiras das Araras e Renascer

Um paraíso natural que conta com duas cachoeiras: Cachoeira das Araras e a Cachoeira Renascer, com vários poços para banho e uma ótima estrutura.
Bar próximo da cachoeira facilitando a vida daqueles que gostam de degustar um petisco e beber uma cerveja gelada, Área para crianças, trilhas largas e limpas, tudo planejado para atender os visitantes.
Cachoeira das Araras se tornou hoje uma das mais visitadas de Pirenópolis, a poucos km da cidade e conta com estradas com ótima qualidade. Conta com estacionamento facilitado, bar e restaurante que funciona aos fins de semana e feriados.
 

Reserva Ecológica Vargem Grande

Cachoeira Santa Maria - 500 metros de caminhada, acesso plano e calçado, dificuldade baixa. A cachoeira mais apropriada de Pirenópolis para idosos ou pessoas com dificuldade de caminhar

Cachoeira do Lázaro - 1.300 metros de caminhada, subida, trilha de dificuldade média, toda calçada em pedras de Pirenópolis.

Cachoeira do Rosário

 Cachoeira do Rosário é um dos principais atrativos de Pirenópolis, com a queda livre mais alta da região e vencedora do certificado de excelência do TripAdivisor todos os anos.
Por trabalhar com capacidade de carga é a Cachoeira mais vazia de toda a região, apenas 70 pessoas por dia.
Imagine-se num oásis de águas cristalinas mesmo durante o período chuvoso, cercado pelo cerrado rupestre, campos, várzeas, mata de galeria, fauna e flora, piscinas naturais, 
gruta atrás da  cachoeira de 42 metros de queda negativa, proporcionando um banho incrível embaixo da cachoeira, 
trilhas terapêuticas e árvores centenárias.

Parque do Coqueiro

No Parque do Coqueiro, são duas belíssimas cachoeiras e diversos poços para banho, na região mais bonita de Pirenópolis: a Serra dos Pireneus. Região de manancial de água, com cabeceiras de córregos, diversas nascentes e cerrado nativo preservado. Habitat de animais silvestres e vegetação típica de campo e matas.

Cachoeira Usina Velha

Quando, em 1984, Pirenópolis se tornou um destino turístico, a desativada Usina se tornou Cachoeira Usina Velha, uma das principais atrações turísticas locais, recebendo durante todo o ano turistas do mundo todo. A Usina Velha é a cachoeira mais próxima da cidade, localizada na estrada dos Pireneus, entrada das pedreiras, a 4km do Centro Histórico de Pirenópolis. Além da queda principal, possui duas quedas menores adjacentes.

Cachoeiras do Paraíso e do Lobo

Como o próprio nome sugere, a cachoeira fica em um local lindo, com a vegetação do Cerrado bem preservada. A cachoeira é considerada a de mais fácil acesso em Pirenópolis. Apenas 120 m de caminhada com calçada de pedra nivelada te separam do estacionamento até a queda d’água.

O poço da cachoeira possui cerca de 60 m² e possui pontos em que a profundidade chega a 6 m. Um dos maiores atrativos é a pureza da água, completamente cristalina.

Cachoeira do Abade

Cachoeira do Abade, apenas 17 km do Centro Histórico de Pirenópolis. Conta com toda uma estrutura, para um passeio lindo e seguro com os amigos e a família. Trilhas pavimentadas em pedra, mirantes em madeira e uma das mais belas vistas de Pirenópolis.
Seja surpreendido por um paraíso, uma experiência única em meio a uma natureza intocada.​
São quatro Cachoeiras, vários mirantes, Aquário Natural e a Ponte Pênsil, tudo isso em 2500 metros de trilha totalmente reformada, calçada em pedra e plataformas de madeira.
Os passeios na Cachoeira do Abade são auto-guiados, ou seja, vocês conhecem os atrativos ao seu tempo, e podem tomar banho em todas as quatro cachoeiras disponíveis.

Cachoeiras dos Dragões

 Cachoeiras dos Dragões. Localiza-se na Várzea do Lobo, localidade rural em Pirenópolis. No local, um Mosteiro num santuário ecológico de 900 hectares, com 8 cachoeiras e diversas nascentes que brotam no meio do Cerrado goiano, a cerca de 1.270 metros de altitude. A 40 km do Centro, as 8 cachoeiras surpreendem numa trilha em profundo contato com a natureza e suas belezas. Cada cachoeira, com sua mitologia relacionada aos Dragões, faz um convite a quem quer experimentar um passeio especial. 🕘 Visitação de quarta a domingo, das 9h às 17h (entrada até às 15h).

Cachoeiras e Espaço Hípico Bonsucesso

 As Cachoeiras e Espaço Hípico do Bonsucesso estão situados a 5 km de Pirenópolis. A saída é pelo bairro Alto do Carmo. Fácil de chegar. É só atravessar a ponte de madeira, passar em frente ao restaurante Dona Cida e seguir até o final da avenida. Então vira à direita e entra na estrada de terra. Têm placas de sinalização por todo o trajeto. As seis cachoeiras do ribeirão Soberbo, um dos afluentes do rio das Almas, se localizam na Fazenda e Espaço Hípico Bonsucesso e são assim denominadas: Açude, Landi, Palmito, Pedreira, Bonsucesso e Lagoa Azul. A cachoeira Bonsucesso, com 12 metros de queda. A trilha por um trecho do Instituto Estrada Real, toda calçada de pedra, que vem da época do Brasil Colônia e serviu, num primeiro momento, para escoar o ouro produzido em Meia Ponte. Depois, virou rota do comércio entre a Bahia e o Rio de Janeiro. 🕔 As Cachoeiras do Bonsucesso ficam abertas ao público das 7h as 17h.

Santuário de Vida Silvestre Vaga Fogo

O Santuário de Vida Silvestre Vagafogo é uma Reserva Particular do Patrimônio Natural, criada em 1990 para promover a educação ambiental, o ecoturismo e a produção sustentável de alimentos. ​A reserva possui uma linda e acessível trilha interpretativa de 1.500m, onde as inúmeras árvores centenárias e a mata ciliar que margeia o rio Vagafogo  possibilita a interação com a fauna, flora e a observação de pássaros. No decorrer do percurso encontra-se: piscina natural de águas límpidas para refrescantes banhos, pequena cachoeira,  área destinada a contemplação, bancos, mesas e tablados de madeiras (decks)..

Lagoa Azul


Na Região do Ouro, em Vila Propício, antigo distrito de Pirenópolis, há 54km do Centro Histórico, passando pelo lendário povoado de Lagolândia é possivel chegar à belíssima Lagoa Azul, de águas cristalinas e azuis localizada na Fazenda Olhos D'Água. A profundidade chega a 5,40m e o chão de pedras brancas, é coberto por líquens, por isso a tonalidade da água de cor azul. É possível nadar e mergulhar. O local possui estrutura com churrasqueiras e energia. A distância do lago pelo povoado de Lagolândia é de 18km por estrada de chão com entrada à esquerda.

Lazer e Cultura

Agenda Cultural: Aqui você confere os principais eventos que estão acontecendo na temporada atual em Pirenópolis.

Igrejas Coloniais

Conheça Pirenópolis com sua arquitetura colonial e seu conjunto tombado como patrimônio histórico.

Passeios e Aventuras

Fazendas históricas, voo de balão, passeios a cavalo, rapel, escaladas, reservas ambientais, turismo de aventura são as várias atividades que Pirenópolis proporciona ao visitante.

Festa do Divino Espírito Santo

Constituída por vários rituais religiosos e expressões culturais, a Festa do Divino é uma celebração profundamente enraizada no cotidiano dos moradores de Pirenópolis e determinante dos padrões de sociabilidade local. A esta estrutura básica, os agentes da Festa do Divino de Pirenópolis vêm incorporando outros ritos e representações, como as encenações de mascarados e cavalhadas, responsáveis pela grande notoriedade da festa, que se realiza nesta cidade a cada ano, desde 1819, durante cerca de 60 dias, com clímax no Domingo de Pentecostes, cinquenta dias após a Páscoa.

Museu do Divino

Antiga Casa de Câmara e Cadeia de Pirenópolis, na cidade de mesmo nome, foi a primeira cadeia do estado de Goiás, sendo construída em 1733 no Largo da Matriz de Pirenópolis. A casa histórica foi demolida em 1919, construindo-se uma réplica no Largo da Ponte Velha. Em 1999, devido às péssimas condições em que se encontrava, a Câmara Municipal deixou o local, ocupado provisoriamente pelo Corpo de Bombeiros. Em 2005 começou uma restauração promovida pelo Iphan, Após o restauro foi criado no local o Museu do Divino Espírito Santo.

Cine Pireneus

O prédio localizado na rua Direita, em Pirenópolis - Goiás, foi construído em 1919 em estilo neo-clássico, para funcionar como teatro, pelo padre espanhol Santiago Uchôa.

Please reload